Política de Privacidade

Nós, do Hotel Palace Praia, estamos comprometidos em resguardar sua privacidade e proteger seus dados. Por entendermos que a sua privacidade é muito importante, tomamos todas as medidas possíveis para protegê-la e desenvolvemos uma Política de Privacidade que explica, de forma detalhada, como as suas informações e dados pessoais são coletados, usados, compartilhados e armazenados por meio dos nossos sites e respectivos serviços.

Esta Política de Privacidade se aplica quando você utiliza os nossos serviços que envolvem coleta de dados online e offline, incluindo os Dados Pessoais coletados por meio de nossos vários serviços e canais, incluindo websites, aplicativos e redes sociais de terceiros.

A aceitação da nossa Política será feita quando você, de forma afirmativa, concordar com o uso dos seus dados para cada uma das finalidades descritas. Isso indicará que você está ciente e em total acordo com a forma como utilizaremos as suas informações e os seus dados. Se você optar por não fornecer os Dados Pessoais necessários para utilizar os nossos serviços ou não concordar com essa Política, nós não poderemos fornecer a você nossos serviços. Caso não concorde com esta Política, por favor, não continue o seu procedimento e não use os nossos serviços.

Para facilitar a leitura, a nossa Política está formatada a partir de questionário, elaborado forma simples e acessível para que você possa ler e entender a forma como utilizamos os seus dados para lhe oferecer uma experiência segura e confortável no uso do nosso site. Compreendemos ser esta a melhor maneira de apresentar a forma como cuidamos dos seus Dados Pessoais e como cumprimos as obrigações legais preconizadas na Lei Geral de Proteção de Dados (Lei n. 13.709/2018).

QUAIS DADOS SÃO COLETAS PELO HOTEL PALACE PRAIA?

Todos os dados que coletamos são utilizados para a prestação de nossos serviços. Por isso, todos os dados e informações são tratados como confidenciais e somente serão usados para os fins aqui descritos.

A Hotel Palace Praia coleta e trata os seus dados com base em diferentes fundamentos previstos na LGPD, de acordo com a natureza dos dados pessoais fornecidos e do tipo de tratamento de dados envolvido. O principal fundamento utilizado é o legítimo interesse dos nossos clientes e em situações específicas, podemos fundamentar o tratamento de dados no cumprimento de obrigações legais e regulatórias e no exercício regular de direitos. Para qualquer finalidade em que o seu consentimento deva ser coletado nos termos da lei, o tratamento dos dados depende da sua manifestação livre e inequívoca.
Para acesso aos serviços disponibilizados pelo Hotel Palace Praia faz-se necessário coletar:
dados pessoas (RG e CPF);
dados de contato (nome, e-mail e telefone);
dados de endereço;
dados de faturamento e cobrança.

COM QUEM O HOTEL PALACE PRAIA COMPARTILHA OS SEUS DADOS?

Nós não alugamos ou vendemos seus dados pessoais para ninguém e nos reservamos no direito de compartilhar suas informações, incluindo dados de localização, cadastro e de interesses, apenas para os fins especificados nesta política de privacidade. Assim, poderemos vir a compartilhar seus dados pessoais com terceiros, nas seguintes situações:
Nossos Parceiros: Empregamos outras empresas para realizar trabalhos em nosso nome e precisamos compartilhar seus dados pessoais com eles para fornecer produtos e serviços para você. Por exemplo, usamos serviços de hospedagem de dados para armazenar a nossa base de dados, usamos também serviços de meios de pagamento para poder processar os dados de faturamento dos nossos serviços e softwares de gestão de hotelaria. Nossos Parceiros somente são autorizados a utilizar os dados pessoais para os fins específicos que eles foram contratados, portanto, eles não irão utilizar os seus dados pessoais para outras finalidades, além as da prestação de serviços previstas contratualmente.
Para resguardar e proteger direitos do Hotel Palace Praia: Reservamo-nos o direito de acessar, ler, preservar e divulgar quaisquer dados que acreditamos serem necessários para cumprir uma obrigação legal ou uma ordem judicial; ou proteger os direitos, propriedade ou segurança da Hotel Palace Praia, nossos funcionários e clientes.

TRANSFERÊNCIA INTERNACIONAL DE DADOS

O Hotel Palace Praia coleta e transfere dados pessoais coletados no Brasil para países localizados na União Europeia e para os EUA. Essa transferência ocorre para Parceiros que atuam no processamento de dados pessoais, e essas transferências envolvem apenas empresas Parceiras do Hotel Palace Praia que demonstraram estar em processo de conformidade ou em conformidade com a GDPR e com as leis setoriais brasileiras de proteção de dados.
O Hotel Palace Praia possui sua sede no Brasil e os dados que coletamos são regidos pela lei brasileira. Ao acessar ou usar os Serviços da Hotel Palace Praia ou fornecer dados pessoais para nós, você concorda com o processamento e a transferência de tais dados para o Brasil e para outros países, acima mencionados.

QUAIS SÃO OS DIREITOS DOS TITULARES DE DADOS?

Você sempre poderá optar em não divulgar seus dados para nós, mas tenha em mente que alguns desses dados podem ser necessários para se registrar em nossas plataformas ou usar alguns de nossos recursos. Independente disso, você sempre possuirá direitos relativos a privacidade e a proteção dos seus dados pessoais, e nós além de nos preocuparmos com a segurança desses dados, também nos preocupamos que você tenha acesso e conhecimento de todos os seus direitos relativos a dados pessoais.
Dessa forma, a partir da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), das demais leis setoriais brasileiras relativas proteção de dados e da General Data Protection Regulation (GDPR), resumimos abaixo alguns dos seus direitos relativos a privacidade e a proteção dos seus dados pessoais:
Confirmação da existência do tratamento: o primeiro direito é a confirmação da existência do tratamento. Como o próprio nome sugere, é o direito garantido ao titular de confirmar se a empresa (controladora ou operadora) realiza o tratamento de seus dados pessoais.
Acesso aos dados: o segundo direito é o acesso aos dados. Aqui, a lei garante aos titulares o direito de obter uma cópia de seus dados pessoais (dentre outras informações relacionadas). Assim como no caso da confirmação do tratamento, o titular pode requisitar o acesso em formato simplificado ou em formato completo (com o prazo de 15 dias para atender à solicitação).
Correção de dados incompletos, inexatos ou desatualizados: também é garantido ao titular o direito à correção de dados incompletos, inexatos ou desatualizados, que consiste no direito de solicitar que os dados tratados sejam corrigidos ou atualizados.
Anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade: o titular tem o direito de pedir a anonimização, bloqueio ou eliminação, caso os dados pessoais tratados pela empresa se mostrem a) desnecessários para a finalidade que justifica a realização do tratamento; b) excessivos em relação ao necessário para alcance da finalidade ou; c) em desconformidade, ou seja, caso não estejam sendo tratados para finalidades específicas ou o tratamento não seja justificável por nenhuma base legal.
Portabilidade dos dados a outro fornecedor de serviço ou produto: é garantido ao titular o direito de solicitar o compartilhamento dos dados fornecidos à empresa, ou seja, a portabilidade dos dados a outro fornecedor de serviço ou produto. Esses dados devem ser transferidos em formato estruturado, em linguagem comum e amplamente utilizada, e de forma “legível” para qualquer computador.
Eliminação dos dados pessoais tratados com o consentimento do titular: caso não deseje mais que seus dados pessoais sejam tratados pela empresa, o titular tem o direito de solicitar e eliminação de seus dados pessoais da base da empresa. É importante ressaltar, todavia, que esse direito não é absoluto: dados necessários para cumprimento de obrigação legal ou regulatória, bem como dados financeiros e outros tratados com finalidade legítima que transcende a vontade do titular não devem ser excluídos.
Informação das entidades públicas e privadas com as quais o controlador realizou uso compartilhado de dados: é direito do titular saber com quem os seus dados estão sendo compartilhados. Aqui, temos presente o princípio da transparência.
Informação sobre a possibilidade de não fornecer consentimento e sobre as consequências da negativa: para que o consentimento seja considerado realmente livre, é necessário que a empresa dê a informação sobre a possibilidade de não fornecer consentimento. Junto a essa informação, devem ser apresentadas as consequências de não fornecer o consentimento, como possíveis prejuízos na experiência do usuário, menor customização, limitação de acesso a determinadas “áreas logadas” que necessitem desse consentimento, dentre outras.
Revogação do consentimento: o consentimento pode ser revogado a qualquer momento mediante manifestação expressa do titular, por procedimento gratuito e facilitado. É importante ressaltar que os tratamentos realizados anteriormente sob amparo desse consentimento retirado continuam válidos, até que haja expressa manifestação do titular pela eliminação de tais dados.

Caso você tenha alguma dúvida sobre essas questões e sobre como pode exercer esses direitos, fique à vontade para entrar em contato conosco.

POR QUANTO TEMPO OS DADOS SERÃO ARMAZANEDOS?

Nós manteremos seus dados pessoais somente pelo tempo que for necessário para cumprir com as finalidades para as quais os coletamos, inclusive para fins de cumprimento de quaisquer obrigações legais, contratuais, ou requisição de autoridades competentes.
Para determinar o período de retenção adequado para os dados pessoais, consideramos a quantidade, a natureza e a sensibilidade dos dados pessoais, o risco potencial de danos decorrentes do uso não autorizado ou da divulgação de seus dados pessoais, a finalidade de processamento dos seus dados pessoais e se podemos alcançar tais propósitos através de outros meios, e os requisitos legais aplicáveis.
Vale destacar, nesse ponto, o direito do titular de dados de demandar a “Eliminação dos dados pessoais tratados com o consentimento do titular”, referido no tópico anterior.

COMO FUNCIONA A SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NO HOTEL PALACE PRAIA

Com a finalidade de garantir a sua privacidade e a proteção dos seus dados pessoais, o Hotel Palace Praia adota as melhores práticas de segurança da informação existentes no mercado. Nós nos esforçamos para proteger a privacidade dos seus dados, mas infelizmente não podemos garantir total segurança. Entrada ou uso não autorizado de conta, falha de hardware ou software e outros fatores podem comprometer a segurança dos seus dados pessoais a qualquer momento. Por isso, nos ajude a manter um ambiente seguro para todos. Além de adotar boas práticas de segurança em relação a sua conta e aos seus dados, caso você identifique ou tome conhecimento de algo que comprometa a segurança dos seus dados, você pode entrar em contato conosco pelos canais de atendimento disponíveis.

COMO FALAR COM O HOTEL PALACE PRAIA?

O Hotel Palace Praia é Controlador e Processador dos dados pessoais a ele fornecidos por você de acordo com esta Política de Privacidade. Nesse sentido e buscando estar em conformidade com as leis com os padrões mais elevados de proteção de dados no Brasil e no mundo, decidimos nomear um Data Protection Officer (DPO), que será o representante do Hotel Palace Praia responsável por supervisionar todas as questões relacionadas a esta Política de Privacidade e ao tema de proteção de dados.
Se você acredita que suas informações pessoais foram usadas de maneira incompatível com a Política de Privacidade ou suas escolhas, ou se você tiver outras dúvidas, comentários ou sugestões relacionadas a esta Política de Privacidade, você pode entrar em contato com nosso DPO nos seguintes endereços de contato:
Endereço: Praça República do Líbano, n. 40, bairro Canasvieiras, CEP n. 88054-072, na cidade de Florianópolis/SC.
E-mail: gerencia@palacepraia.com.br

MUDANÇAS NA POLÍTICA.

Como estamos sempre buscando melhorar nossos serviços, essa Política de Privacidade pode passar por atualizações. Desta forma, recomendamos visitar periodicamente esta página para que você tenha conhecimento sobre as modificações. Caso sejam feitas alterações relevantes que ensejem em um novo consentimento seu, iremos publicar essa atualização e solicitar um novo consentimento.