Vai viajar sozinho? Confira nossas dicas!

Seja sozinho ou acompanhado, viajar é sempre uma experiência incrível. E por mais que viajar sozinho seja excelente para um momento de introspecção e autoconhecimento, é importante que você tome os devidos cuidados para que o passeio acabe como o esperado.

Além disso, a falta de companhia não deve ser um empecilho para você fazer aquela viagem tão esperada. Por isso, o Palace Praia Hotel trouxe este artigo com algumas dicas para você que está planejando viajar sozinho. Confira!

 

Por que viajar sozinho?

São tantos estímulos no dia a dia que acabamos tendo dificuldade de nos conectarmos com a nossa essência. É justamente por isso que você deve tirar momentos na sua própria companhia, então por que não fazer isso através de uma viagem?

Símbolo de empoderamento e autoconhecimento, viajar sozinho também te trará benefícios, como: ter mais facilidade em fazer novas amizades, não precisar conciliar o seu roteiro e datas disponíveis com o de outras pessoas. Além de visitar todos os lugares que você sempre sonhou, entre outras.

 

8 dicas para você viajar sozinho

 

1 – Defina o destino ideal

A primeira coisa a se fazer antes de definir um destino, é listar os seus objetivos com a viagem.

Você pretende ter uma viagem mais tranquila, próximo da natureza, com praias e trilhas? Ou prefere atividades mais noturnas, como baladas e bares? Além disso, você está indo apenas para passeio ou estudo?

Reflita sobre esses pontos e busque o destino que possui melhores possibilidades de locais para você.

 

2 – Avise aos seus amigos e familiares

Por mais que viajar sozinho seja sinônimo de independência, a sua segurança deve prevalecer.

Então forneça algumas informações para os seus amigos e familiares, como: horários de embarque e itinerário do seu meio de transporte, endereço da sua hospedagem e roteiro planejado para o dia a dia.

Opte também por manter um contato diário com alguém de confiança e avise sobre qualquer possibilidade de mudança na rota.

 

3 – Leve dinheiro a mais

Para evitar imprevistos, como o bloqueio de senha do seu cartão, tenha sempre dinheiro extra em mãos.

Apesar de ser importante planejar e organizar as suas finanças, nem tudo é igual na prática e teoria, além disso, você pode decidir mudar o roteiro e precisar gastar mais.

Quando você está acompanhado por alguém de confiança, você tem a quem recorrer no caso de uma urgência, porém, ao viajar sozinho prepare a sua própria reserva de emergência.

 

4 – Fique em um local de confiança e fácil acesso

É indispensável que ao escolher uma estadia você escolha um lugar confiável e aconchegante, principalmente no momento de viajar sozinho.

Para te auxiliar nisso, busque informações de pessoas que já se hospedaram no local e leve em consideração o seu objetivo com a viagem.

 

5 – Tenha sempre telefones importantes em mãos

Número de telefones como o da polícia, embaixada local e de onde você estiver hospedada, são essenciais para o caso de alguma emergência. Não hesite em entrar em contato sempre que precisar!

 

6 – Evite bagagem em excesso

Já que você não terá a ajuda de ninguém no momento de carregar as suas malas, prefira qualidade de itens ao invés de quantidade.

Faça uma lista de tudo aquilo que será indispensável para os dias que você estiver fora, levando em consideração o clima e atividades que você pretende realizar durante a sua estadia.

 

7 – Confira se está levando todos os documentos

Não tem nada pior do que chegar na hora do embarque e você perceber que não tem todos os documentos necessários em mãos.

Para que isso não ocorra, já na hora do planejamento, faça um checklist de todos os documentos necessários para o embarque e check in. Deixe-os em um local de fácil acesso e confira algumas vezes antes de sair.

 

8 – Conhecimento sobre o idioma local

Você não precisa necessariamente ser fluente na língua local ou deixar de viajar por isso. Afinal, a tecnologia e as ferramentas atuais têm facilitado muito a comunicação entre línguas distintas.

Porém, para que você não passe tantos apuros, o ideal é que se tenha pelo menos um conhecimento básico da língua nativa, isso facilitará muito a sua comunicação e trâmites necessários.

 

Gostou desse conteúdo? Então nos siga no Instagram e Facebook para mais dicas sobre viagens.