Carnaval na praia: cuidados essenciais para os dias quentes no feriado

Passar o Carnaval na praia já demanda por si só uma lista extensa de cuidados essenciais com a pele e a saúde em geral, e em meio a uma pandemia e com as recentes restrições impostas pelas prefeituras municipais para tentar frear a proliferação do vírus durante a folia, essa lista aumenta ainda mais.

Além de levar roupas adequadas, protetores solares e alimentos nutritivos, se faz necessário tomar medidas de proteção extras em função tanto da pandemia quanto das fortes ondas de calor que tem chegado às praias de Florianópolis nas últimas semanas, essas que apresentam riscos graves à saúde daqueles que decidirem curtir o Carnaval na praia.

Pensando em garantir a segurança do nosso público leitor, nós do Palace Praia Hotel apresentamos hoje os cuidados essenciais que devem ser tomados nos dias mais quentes do feriado de Carnaval, indo desde a proteção básica da pele contra queimaduras até questões mais sutis como alimentação e onde ficar na faixa de areia.

Vai passar o Carnaval na praia? Então acompanhe conosco!

 

Boa leitura!

 

As consequências da falta de cuidado na praia: uma análise estatística

Segundo dados de um estudo estimativo realizado pelo Inca (Instituto Nacional do Câncer), de 2019, a previsão estatística para novos casos de câncer de pele não melanoma seria de cerca de 83 mil em homens e cerca de 93 mil em mulheres, correspondendo a um risco estimado de 80,12% de casos novos a cada 100 mil homens e 86,65% casos novos a cada 100 mil mulheres.

E mesmo em meio a pandemia, os resultados concretos são, infelizmente, muito precisos. Nos últimos dois anos, foram registrados cerca de 100 mil novos casos de câncer de pele ao longo de todo o território brasileiro, números consistentes com a previsão inicial feita pelas projeções do Inca.

Em vista dessas estatísticas, fica claro que a longa exposição aos raios UV — especialmente em horários de pico — apresenta riscos graves à saúde daqueles que não tomam as devidas precauções quando saem de casa para aproveitar um dia na praia. E esse descuido é especialmente comum para as pessoas que passam o Carnaval na praia, já que o foco está centrado na folia e diversão, e não no cuidado e na precaução.

 

Cuidados essenciais para passar o Carnaval na praia

Agora que estabelecemos quais as consequências da falta de cuidado ao passar o feriado nas praias, vejamos quais são as devidas precauções que devem ser tomadas para garantir um Carnaval na praia inesquecível e sem complicações desnecessárias.

 

A hidratação como um pilar fundamental

Ainda que muitas pessoas não sintam de fato sede durante um dia na praia, não significa que seus corpos não estejam sofrendo com um estado de desidratação, uma vez que o corpo humano é capaz de sofrer com os efeitos da desidratação e não demonstrar sintomas ou sequer desencadear alguma reação fisiológica que nos avise da necessidade de ingerir água.

Assim, garanta que você e seu grupo de amigos e/ou familiares estão munidos de uma quantidade suficiente de água mineral, suco ou até água de coco para que todos possam manter um nível adequado de hidratação durante a comemoração do Carnaval na praia.

Caso não haja a possibilidade de levar uma boa quantidade de água, lembre-se que comprar com comerciantes locais sempre é uma possibilidade, especialmente se o grupo for consumir bebidas alcoólicas, as quais aceleram ainda mais o processo de desidratação corporal.

 

Garantindo uma alimentação balanceada

Complementando a recomendação anterior, manter uma alimentação balanceada é tão importante quanto manter o corpo hidratado, levando em conta que a quantidade de energia e calorias que gastamos na praia é extremamente alta, seja pegando aquele bronzeado ou aproveitando a água para nadar.

Dito isso, é essencial que cada um reponha as calorias e vitaminas durante o dia de Carnaval na praia, em especial nas horas do café da manhã e almoço, mas também ao longo do dia, através do consumo de frutas como melancia, maçã, manga, abacate, abacaxi, entre outras.

 

Cuidados com a exposição solar e a insolação

Por último, a dica mais comum, porém frequentemente relevada: lembrar dos cuidados com a pele e evitar a insolação. Apesar de parecer uma dica simples, muitas pessoas creem que ela se resume a passar protetor solar com frequência durante o dia — e ainda que esse seja um aspecto importante para evitar a insolação, não é uma garantia por si só.

A insolação depende diretamente do nível de hidratação dos nossos corpos, uma vez que a causa mais comum de insolação é a falha do mecanismo de transpiração e o subsequente aumento exponencial da temperatura corporal, que frequentemente leva muitas pessoas a óbito.

 

Assim, limitar sua exposição a luz solar e manter uma boa hidratação permitirá que: 

  • A luz solar não impacte diretamente a sua fisiologia, já que a luz do Sol não terá contato frequente com a sua pele;
  • Seu corpo tenha líquido o suficiente para transpirar de forma correta e regular a temperatura corporal, assim evitando a insolação.

Para limitar a exposição, recomendamos que o grupo vá para a praia com guarda-sóis ou tendas adequadas para formar um espaço seguro, mas caso não seja uma possibilidade, encontrar uma área arborizada com sombras naturais é uma alternativa interessante.

Curtiu as dicas para aproveitar o Carnaval na praia de forma segura? Então não deixe de acompanhar os nossos perfis no Facebook e Instagram para mais dicas e conteúdos como este!